Ouça agora na Rádio

N Notícia

© AFP 2018 / Assessoria de imprensa da Cúpula das Coreias

FOTO: © AFP 2018 / Assessoria de imprensa da Cúpula das Coreias

Coreia do Norte está pronta para aderir à proibição de testes nucleares

O embaixador norte-coreano na ONU, Han Tae Song, disse nesta terça-feira (15) que Pyongyang está disposta a ajudar a comunidade global em seus esforços para conseguir uma proibição total dos testes nucleares.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

"A República Democrática Popular da Coreia se juntará aos esforços internacionais para uma proibição total dos testes nucleares", afirmou Han à Conferência de Genebra sobre Desarmamento da ONU.

O enviado norte-coreano acrescentou que o fim dos testes nucleares e o fechamento dos reatores nucleares são pré-requisitos importantes para o desarmamento global.

Por sua vez, a delegação sul-coreana manifestou a esperança de que Pyongyang implemente compromissos assumidos durante um encontro realizado em abril entre as Coreias, considerado um evento histórico.

A Coreia do Norte vem realizando testes nucleares desde 2006, provocando duras punições da comunidade internacional e diversas sanções do Conselho de Segurança da ONU. 

No entanto, as tensões na península coreana começaram a diminuir no início de 2018. Em fevereiro, atletas da Coreia do Sul e do Norte marcharam sob uma bandeira conjunta na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, realizada em Pyeongchang.

Em 27 de abril, o presidente sul-coreano Moon Jae-in e o líder norte-coreano Kim Jong-un realizaram uma cúpula histórica na aldeia de Panmunjom e assinaram uma declaração conjunta, concordando em tomar medidas para apoiar os esforços internacionais de desnuclearização da península coreana e que sigam em frente com os programas que pretendem reunir as famílias coreanas separadas.

FONTE: SPUTNIK BRASIL
Link Notícia

Peça sua Música

Previsão do Tempo