foto-logo-radio Radio Aparecida FM 105,9 ligue 3236 1018 / 991157718

Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Milho: quinta-feira começa com recuo para as cotações na B3

Postado em 18/03/2021 por

Compartilhe Agora!

A quinta-feira (18) começa com os preços futuros do milho caindo na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 0,68% e 1,21% por volta das 09h14 (horário de Brasília).

O vencimento maio/21 era cotado à R$ 94,17 com baixa de 0,68%, o julho/21 valia R$ 89,17 com perda de 1,03%, o setembro/21 era negociado por R$ 83,96 com desvalorização de 1,21% e o novembro/21 tinha valor de R$ 85,70 com estabilidade.

Os contratos do cereal brasileiro perdem força após acumularem valorizações sucessivas e chegar perto dos R$ 96,00 para o vencimento maio/21.

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) iniciou as movimentações desta quinta-feira recuando para os preços internacionais do milho futuro. As principais cotações registravam flutuações negativas entre 0,50 e 2,00 pontos por volta das 09h04 (horário de Brasília).

O vencimento maio/21 era cotado à US$ 5,56 com queda de 1,50 pontos, o julho/21 US$ 5,40 com desvalorização de 2,00 pontos, o setembro/21 era negociado por US$ 4,95 com baixa de 2,00 pontos e o novembro/21 tinha valor de US$ 4,75 com perda de 0,50 pontos.

Segundo informações do site internacional Successful Farming, os futuros caíram novamente no comércio da madrugada, com a chuva caindo em partes da Argentina, dando um impulso às safras do país sul-americano.

A chuva caiu em partes de Córdoba, Santa Fé, Entre Rios e Buenos Aires, disse Donald Keeney, meteorologista agrícola da Maxar. A previsão é de mais precipitação no sudeste de Buenos Aires hoje e no sábado e em partes de Córdoba, Santa Fé, leste de Buenos Aires e Entre Rios.

“Chuvas adicionais nas áreas do nordeste no sábado irão melhorar ainda mais a umidade para qualquer crescimento tardio de milho e soja”, disse Keeney.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.