Second slide
Radio Aparecida FM 105,9 ligue 3236 1018 / 991157718
public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Análise: Palmeiras revive antigos problemas no ataque e falha no projeto Mundial

Sem força para pressionar e reagir, Verdão perde velocidade e é derrotado pelo Tigres no Catar, adversários dizem”continua sem mundial”

Um conhecido problema do Palmeiras voltou a aparecer logo no momento mais importante para o clube em sua história recente. Sem força ofensiva, o Verdão foi derrotado pelo Tigres, do México, no último domingo, e deu adeus ao sonho de disputar a final do Mundial de Clubes da Fifa.

O time de Abel Ferreira foi campeão da Libertadores e faz ainda uma temporada de 2020 histórica. Isso é importante ser destacado. Mas há que se considerar, sim, o peso de uma derrota na semifinal do torneio no Catar, por mais que o treinador português tenha repetido diversos elogios aos mexicanos antes e depois do confronto.

Dos dez jogos disputados em 2021, o Palmeiras marcou mais de um gol apenas duas vezes: contra o River Plate na Argentina, pela semifinal da Libertadores, e no Dérbi contra o Corinthians, pelo Brasileirão

Em algumas partidas desta sequência, o time criou oportunidades e não teve muito sucesso nas conclusões. Foi assim contra o River, em São Paulo, quando o jogo poderia ter sido mais calmo para os palmeirenses, contra o Grêmio, contra o Flamengo, contra o Botafogo…

A diferença para a semifinal do Mundial é que contra o Tigres o Verdão pouco criou. Não fosse a furada de Luiz Adriano dentro da área, o time de Abel Ferreira teria passado a segunda etapa inteira quase sem assustar o goleiro adversário.

Numa tentativa de pressão, Matías Viña e Gustavo Scarpa tiveram finalizações desviadas pela marcação. E o time, que teve Weverton seu melhor representante no jogo, não teve volume de jogo nem força física para pressionar e empatar.

Sem Breno Lopes, que não foi inscrito, e Gabriel Veron, machucado, o Palmeiras só teve velocidade com Rony. Perdeu alternativas importantes para buscar uma variação e dar fôlego a um time que não teve descanso nos últimos meses.

Do início de dezembro até o último domingo, dia 7 de fevereiro, o Verdão entrou em campo 20 vezes e talvez tenha chegado ao seu limite emocional e de energia, principalmente depois de uma final tão marcante como foi a contra o Santos, na semana passada, pela Libertadores.

Mas o time precisa recuperar sua força para enfrentar uma reta final de calendário com mais jogos e possibilidade de título. Serão mais sete jogos em 22 dias, com duas finais contra o Grêmio na Copa do Brasil. O ano esportivo de 2020 ainda não acabou para os palmeirenses.

  • message
    Postado por
    Guia Serranópolis
  • today
    Data
    08/02/2021
  • folder
    Categoria
    Esporte
  • code
    Feito por
    Sistema Plug

Deixe uma resposta

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados

Copyright © 2021 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2021 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug