foto-logo-radio Radio Aparecida FM 105,9 ligue 3236 1018 / 991157718

Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Homem é preso por porte ilegal de arma, e polícia descobre que suspeito engoliu quase 300 gramas de maconha

Postado em 20/07/2021 por

Compartilhe Agora!

Caso ocorreu nesta segunda (19), em Francisco Beltrão; segundo a PM, homem afirmou que ele mesmo acionou o 190 para ser preso e vender a droga que havia ingerido na cadeia.

Um homem foi preso na tarde desta segunda-feira (19) por porte ilegal de arma, e a Polícia Militar (PM) descobriu que o suspeito havia engolido quase 300 gramas de maconha. O caso ocorreu no Parque Alvorada, em Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná.

De acordo com a PM, a equipe recebeu a informação de que um homem com as características dele estava portando uma arma. Com isso, os policiais foram até o local e abordaram o suspeito.

Durante a revista na mochila dele, a polícia encontrou uma espingarda calibre 36. Ao ser questionado, o suspeito disse que havia se deslocado de Pato Branco para Francisco Beltrão para negociar a venda da arma.

Contudo, segundo a PM, ele não portava nenhum celular ou algo com que pudesse se comunicar com o possível comprador.

Diante das informações confusas, a polícia indagou novamente o suspeito. Por fim, ele confessou à equipe que havia ingerido 275 gramas de maconha e que ele mesmo tinha acionado o 190 com a intenção de ser preso e posteriormente vender a droga na cadeia.

Com isso, o homem foi encaminhado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para realização de um exame de raio-x.

Segundo a PM, o médico confirmou que o suspeito havia engolido a droga e o encaminhou para o Hospital Regional do Sudoeste para fazer a higienização do aparelho digestivo.

Na unidade, os profissionais ainda encontraram 78 pontos de LSD.

Após o atendimento, o homem, a arma e as drogas foram levados para a 19ª Subdivisão Policial (SDP).

fonte g1

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.